O que fazer para não errar na gestão de um negócio de food service

Por Marcus Varandas Filho

CEO Menew

 

Dados da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) mostram que 50% das empresas do segmento de alimentação fora do lar encerram suas atividades em até dois anos de atuação. Essa informação pode ser um pouco desanimadora para quem deseja investir em algo do setor, contudo, não é impossível fugir à regra geral. Pensando nisso, elenquei os principais motivos que levam o restaurante ao fracasso e como solucioná-los:

Paixão não é gestão: Um dos principais erros que provocam essa estatística negativa é que muitos empresários entram no empreendimento somente por paixão pela cozinha. E apesar da familiaridade com o ramo, não possuem conhecimento em negócios. Uma forma de superar este problema é investir tempo estudando e fazendo cursos de gestão na área de gastronomia. É necessário obter e reciclar conhecimento do negócio.

Planejamento é fundamental: O planejamento estratégico é outro ponto que merece atenção. A maioria dos profissionais não divide as áreas do negócio em categorias – como público-alvo, comunicação, ponto de venda, gestão de custos, etc. No entanto, fazer o reconhecimento destas áreas e traçar planos específicos para cada uma delas é fundamental para levar o estabelecimento ao sucesso.

Seu estabelecimento é uma empresa: O empreendedor de food service, que normalmente é um apaixonado por Gastronomia, precisa enxergar seu estabelecimento como uma empresa e não como “apenas um restaurante”. É preciso ter com os olhos além da cozinha. Esteja bem informado sobre o tudo que está acontecendo em seu negócio: como está o atendimento, realizar pesquisas de satisfação e conversar com a equipe. A fim de auxiliar na gestão e tomada de decisões, é necessário fazer uso de tecnologias específicas que permitem e facilitam o controle. Certifique-se de que as ferramentas escolhidas atendem todas as etapas e áreas da empresa – do salão até a retaguarda.

Acompanhe a gestão financeira: Caso seja necessário fazer uma injeção de capital externo, seja por iniciativa de investidor ou empréstimo, verifique previamente se a gestão financeira está preparada e organizada para receber esta verba – se não, é possível que a “solução” ocasione mais problemas. Neste caso, a recomendação é contar com o apoio de uma consultoria financeira para dar um novo rumo ao negócio.

Se, após analisar todo o cenário, os números mostrarem que não é viável manter o negócio, repense a ideia de continuar insistindo. Posteriormente, faça uma avaliação honesta sobre quais pontos levaram ao fracasso. Na maioria das vezes, o insucesso está associado ao descontrole financeiro ou de produção, desperdício e atendimento insatisfatório. Esteja atento aos erros para que, em um próximo empreendimento, não haja as mesmas falhas.

Portanto, para que seu restaurante tenha sucesso e fuja à regra, fique atento às inovações e dedique tempo ao estudo dos processos.

Comentários

Nenhum comentário até agora, seja o primeiro =)